)

«

»

set 16 2013

Grandes evidências de OSNIs pelo mundo

Ilustração.
(Clique na Imagem para Amplia-la)

Grandes evidências da existência dos OSNIs, objetos submarinos não identificados. Só não vê quem nem quer, eles existem e estão aqui muito antes de nós. 

As principais características destes fenômenos são que suportam pressões que qualquer outro submarino moderno não poderia suportar, são capazes de alcançar uma grande velocidade e manter uma manobrabilidade até agora impensável para um objeto submarino num meio fluido.

A maioria são anfíbios, tratando-se de objetos submergíveis e voadores. Os principais países ou regiões de registo visual OSNI são Porto Rico, Japão, Rússia, Escandinávia e EUA.

Assistam ao documentário sobre os Osnis – The History Channel.

 


Base Submarina Alienígenas

Todo o mundo já ouviu falar da área 51 em Nevada. No entanto, a mais de mil e quinhentos quilômetros de distância se encontra uma instalação submarina ainda mais secreta. Chama-se AUTEC e está localizada nas Bahamas. Ainda que alguns sustentem que é uma base militar para testes submarinos, o mistério ao redor desta base e sua proximidade ao Triângulo das Bermudas é razão suficiente para que os Caçadores de Óvnis comecem sua investigação.

Assistam ao documentário sobre os Osnis – The History Channel. – Vídeo em Espanhol


OSNI

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

OSNI

Objeto Submarino Não identificado, ou OSNI, é definido como qualquer objeto ou fenômeno de percepção óptica ou mecânica de origem desconhecida observado dentro da água e que permanece não identificado até mesmo depois da investigação completa. O analógo marítimo a um OVNI, ou objeto voador não identificado, objetos submergiveis não identificados são vistos freqüentemente por esses iguais ao que estudam objetos voadores não identificados como um fenômeno semelhante, mas encontrado na água em vez de na atmosfera.As principais características destes fenômenos são que suportam pressões que qualquer outro submarino moderno não poderia suportar, são capazes de alcançar uma grande velocidade e manter uma manobrabilidade até agora impensável para um objeto submarino num meio fluido. A maioria são anfíbios, tratando-se de objetos submergíveis e voadores. Os principais países ou regiões de registo visual OSNI são Porto Rico, Japão, Rússia, Escandinávia e EUA.


Sereias

Em 2004, quando apareceram várias baleias mortas em uma praia de Washington, o biólogo marinho Dr. Brian McCormick quis saber o motivo. Ele suspeitava que testes com o sonar da Marinha estariam causando as mortes — mas, ao investigar a possibilidade, esbarrou em um novo mistério. Tudo começou quando os sons dos microfones submarinos foram analisados para investigação da morte das baleias: eles haviam captado os exercícios da Marinha na área, junto com o canto melancólico das baleias — mas algo mais foi registrado: um som não identificado, uma série de ruídos emitidos por uma criatura desconhecida. McCormick achava que poderia ser uma nova espécie de baleia ou golfinho. No início, o progresso foi lento, até que mais um grupo de baleias apareceu morto na África do Sul, chamando a atenção da equipe. Lá, eles encontraram os restos parcialmente devorados de um animal que ninguém soube identificar. Com a ajuda da autópsia, McCormick chegou a uma conclusão espantosa: a nova criatura marinha tinha parentesco com os seres humanos.

Editado por: Arquivo X do Brasil

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: