)

jun 01 2014

Estamos prontos para estabelecer contato com extraterrestres inteligentes?

Estaríamos prontos?

Será que precisamos ter uma maior ou diferente tipo de consciência a respeito do universo a fim de fazer contato com civilizações extraterrestres?

O autor de um novo estudo Gabriel G. de la Torre professor na Universidade de Cádiz acredita que a humanidade não está pronta para o contato com uma civilização extraterrestre.

A Busca por Inteligência Extraterrestre projeto (SETI) é uma iniciativa que começou em 1970 com financiamento da NASA. Ela tem evoluído no sentido da colaboração de milhões de usuários da Internet para o processamento de dados do Observatório de Arecibo (Porto Rico), em que o rastreamento do espaço é realizado.

Recentemente membros deste projeto têm tentado ir mais longe e não só procurar sinais extraterrestres, mas também enviar mensagens ativamente da Terra para detectar possíveis civilizações extraterrestres. Isto é conhecido como SETI ATIVO.

Os astrofísicos, tais como Stephen Hawking, já alertaram para o risco que isso implica para a humanidade, uma vez que poderia favorecer a chegada de seres com tecnologia mais avançada e intenções duvidosas. As implicações éticas e sociológicas da proposta já foram analisados ​​pelo neuro-psicólogo Gabriel G. de la Torre e professor. E ele se pergunta:

Pode tal decisão ser tomada em nome de todo o planeta? O que aconteceria se esta fosse bem sucedida e “alguém” recebesse o nosso sinal? Estamos preparados para este tipo de contato?

Para responder a essas perguntas, o professor enviou um questionário a 116 estudantes universitários americanos, italianos e espanhóis. A pesquisa avaliou o conhecimento de astronomia, o nível de percepção do ambiente físico, a opinião sobre o lugar onde os astros ocupam no cosmos, bem como questões religiosas (por exemplo, “você acredita que Deus criou o universo?”) ou sobre a probabilidade de contato com extraterrestres.

Estaríamos prontos?

Os resultados, publicados na revista Acta Astronautica indicam que como espécie, a humanidade ainda não está pronta para tentar entrar em contato ativamente uma suposta civilização extraterrestre. A razão, segundo o professor De La Torre, é a seguinte: “As pessoas não têm conhecimento e preparação” E ele ainda escreveu:

Este estudo piloto demonstra que o conhecimento do público em geral de certo nível considerável de educação a respeito do universo e do nosso papel dentro dele ainda é pobre. Por isso, uma consciência cósmica deve ser promovida – onde a nossa mente esteja cada vez mais consciente da realidade global que nos rodeia – usando a melhor ferramenta disponível para nós: a educação. A este respeito, precisamos de um novo Galileu para liderar esta jornada.

Conclusão: Será que precisamos de uma espécie de consciência do cosmos maior ou diferente a fim de receber contato de civilizações extraterrestres? O neuro-psicólogo Gabriel G. de la Torre, professor da Universidade de Cádiz, diz acreditar no que fazemos.

Fonte: CUB
Editado por: Arquivo X do Brasil.
 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe um comentário