)

jan 27 2015

Escritor entra na na Justiça contra NASA por “falhar” em investigação de vida extraterrestre.

Sol 3540.
(Clique na Imagem para Amplia-la)

O escritor e autodeclarado cientista Rhawn Joseph entrou com um processo contra a NASA, onde acusa a agência espacial norte-americana de não investigar de maneira eficiente a existência de vida fora da Terra. O processo foi aberto esta semana na corte da Califórnia.

Joseph, que também está envolvido com o controverso Journal of Cosmology, entrou na Justiça, especificamente, por conta de um anúncio recente de NASA sobre uma estranha pedra que “apareceu” na frente do rover Mars Opportunity.

De acordo com a agência, trata-se de uma rocha que pode ter aparecido ali por conta de um impacto nas proximidades ou, provavelmente, o rover bateu na pedra do chão e ninguém havia notado até então.

Joseph, no entanto, discorda da explicação da NASA: para ele, a rocha seria uma organismo vivo. Ele entrou com uma ação para obrigar a agência a examinar a pedra mais de perto. De acordo com o processo, a Nasa deve “cumprir um dever público, científico e legal, que é fotografar de perto, cuidadosamente, de forma científica, e investigar um suposto organismo biológico”.

Joseph alega que a rocha seria, na verdade, algo que “germinou” a partir de esporos. “A recusa em tirar fotos aproximadas, de vários ângulos, a recusa de produzir imagens microscópicas do espécime, a recusa a liberar fotos de alta resolução é inexplicável, de forma imprudente, negligente e bizarra”, afirma o processo.

A partir disso, Joseph lançou no documento as especificações das imagens que a NASA deve fazer para esclarecer as dúvidas em torno da enigmática “pedra”.

Veja abaixo quais são:

“A – 100 imagens de alta resolução, aproximadas e com foco do espécime identificados no Sol 3540, em vários ângulos, de todos os lados e de cima para baixo do espécime, sob condições de iluminação adequadas, que minimizem o brilho;

B – Obter um mínimo de 24 imagens microscópicas em foco do exterior, bordas, paredes e interior do espécime sob condições apropriadas de iluminação;

C – A NASA e a equipe do rover devem disponibilizar ao público (e ao autor do processo) as imagens em alta resolução como especificado nos itens anteriores”.

Veja imagens da sonda Curiosity em Marte

Fonte: The History Channel
Editado por: Arquivo X do Brasil

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: