)

«

»

ago 18 2016

Gary McKinnon: Oficiais ‘Não-Terrestres’ & Tecnologia dos OVNIs

Centro Espacial Jonhson.
(Clique na imagem para amplia-la)

Quando Gary McKinnon acessou os computadores de algumas entidades militares dos Estados Unidos, foi como se ele tivesse ganho na loteria.  Só que o prêmio foi uma tremenda dor de cabeça com processos judiciais e ameaça de prisão perpétua nos EUA.

McKinnon acessou vários computadores da CIA, FBI, Pentágono e da NASA.  O que ele alega ter encontrado é algo espantoso.

Mas a maioria da cobertura de imprensa sobre o caso de McKinnon focou exclusivamente nas acusações dele ter feito um ato criminoso, bem como na sua extradição da Inglaterra para os Estados Unidos.  O assunto ‘OVNIs e Alienígenas’ começou a vazar vagarosamente e foi tratado com pouca atenção, ou pelo menos essa foi a forma com que o público estadunidense tratou o caso.

Duas das coisas mais interessantes sobre o caso McKinnon foram as fotos que ele encontrou nos computadores do Centro Espacial Johnson e uma famosa planilha em Excel.

Sala de Controle do Centro Espacial Jonhson.
(Clique na imagem para amplia-la)

McKinnon alega ter visto evidências de tecnologia relacionada aos OVNIs e espaçonaves em um álbum com fotos que vieram do Prédio 8 do Centro Espacial Johnson.

Enquanto acessava os computadores, McKinnon encontrou pastas com os nomes ‘processadas’ e ‘não processadas’ dentro de um computador do governo, que continha fotos de perto de uma nave em forma de charuto, pairando acima da atmosfera terrestre.

Também havia uma planilha eletrônica em Excel, a qual continha 20 a 30 nomes de oficiais do governo, intitulados ‘Oficiais Não-Terrestres’.

Em 2006, Gary McKinnon concedeu uma entrevista ao site wired.com, onde ele conta sobre seus achados:

WN: Você encontrou alguma coisa em sua procura por evidências de OVNIs?

McKinnon: Certamente que sim. Há o The Disclosure Project.  Este é um livro com 400 testemunhos de pessoas, desde controladores de tráfego aéreo, até pessoas responsáveis por lançar mísseis nucleares.  Testemunhas muito confiáveis.  Eles falam sobre tecnologia de engenharia reversa obtida de naves alienígenas capturadas ou destruídas.

WN: Como o incidente de Roswell em 1947?

McKinnon: Eu presumo que aquele foi o primeiro e que devem ter havido outros.  Essas pessoas que foram confiadas forneceram evidências sólidas.

WN: Que tipo de evidências?

McKinnon: Um especialista em fotografia da NASA disse que havia um Prédio 8 no Centro Espacial Johnson, onde eles regularmente editavam fotos de OVNIs a partir das imagens com alta resolução de satélites.  Eu acessei a NASA e fui capaz de entrar neste departamento.  Eles tinham uma enorme quantidade de imagens de alta resolução armazenadas em seus arquivos de fotos.  Haviam arquivos ‘filtrados’ e ‘não filtrados’, ou ‘processados’ e ‘não processados’.

Minha conexão discada de 56k era muito lenta para baixar uma dessas fotos.  Enquanto isso estava ocorrendo, eu tinha o controle remoto daquele computador e, por intermédio do ajuste da resolução para cores de 4 bits e baixa resolução de tela, eu pude brevemente ver uma dessas fotos.  Era um objeto de cor prateada, em forma de charuto, com esferas geodésicas em ambos os lados.

Não havia sinais de emendas ou rebites [em sua fuselagem].  Não havia referência quanto ao tamanho do objeto, e a foto, presumivelmente, foi tirada por um satélite que olhava por cima do objeto.  O objeto não parecia ser feito pelo homem, ou algo que nós tivéssemos criado.  Devido ao fato de eu estar usando uma aplicação Java, eu só pude capturar a foto na tela – ela não foi para meus arquivos temporários de internet.  No melhor momento, alguém da NASA descobriu o que eu estava fazendo e então fui desconectado.

Eu também acessei as planilhas em Excel.  Um delas era intitulada “Oficiais Não-Terrestres”.  Ela continha nomes e o cargos de pessoal da Força Aérea dos EUA, que não estavam registrados em outros locais.  Ela também continha informação sobre transferências de nave-para-nave, mas nunca vi os nomes dessas naves anotadas em outros locais.

WN: Será que isso poderia ter sido algum tipo de jogo de estratégia militar, ou o esboço de alguma situação hipotética?

McKinnon: O militares querem ter domínio do espaço.  O que encontrei poderia ter sido um jogo – é difícil saber ao certo.

WN: Alguns dizem que você usou o ‘motivo OVNI’ como distração para alguma atividade mais sinistra.

McKinnon: Eu estive olhando antes e depois de 11 de setembro.  Se eu quisesse uma desculpa, eu não teria escolhido a ovniologia, pois isso me abre à ridicularização.

Certamente, não há como negar que McKinnon encontrou algo anormal nos computadores do governo dos EUA e que o poder judiciário daquele país fez grandes esforços para a sua extradição da Inglaterra, a fim de mostrar ao mundo o que acontece com aqueles que ameaçam a segurança das informações secretas estadunidenses.

Felizmente, o bom senso prevaleceu e McKinnon não foi extraditado.

Vídeo Engenharia Alienígena:

Fonte: m3m3, www.wired.com
Editado por: Arquivo X do Brasil

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: