)

«

»

set 01 2016

Vídeo que vazou sobre soldados russos enviados para entrar em contato com o grande Ovni preto!

Grande Ovni Negro – Russia.
(Clique na imagem para amplia-la)

Agosto 2016 – Cidade de Lipelsk na Rússia – Acabamos de receber um vídeo que vazou de soldados russos, um esquadrão enviado para fazer contato com grande Ovni negro que pairava no ar, sobre um campo aberto.

Nosso contato na cidade de Lipelsk, nos informou que o sitio onde ocorreu o fato, está agora protegido por militares russos, nosso contato foi obrigado a sair da zona de uma hora para outra e prometendo e ficar em silêncio sobre o que presenciou. Hoje ninguém sabe o que aconteceu com este enorme Ovni.

A história nos disse que a União Soviética sempre levou Ovnis a sério.

A KGB e do Ministério da Defesa Soviética tinha unidades dedicadas recolha e análise de informações sobre a atividade paranormal. Especialistas militares chegaram a afirmar que sabiam como “chamar” os Ovnis e fazer contato com os ocupantes das aeronaves.

O primeiro-ministro russo, Dmitry Medvedev em uma entrevista recentemente e a reporter lhe fez uma pergunta incomum. A correspondente da TV perguntou a ele, como um ex-presidente, se era verdade que, juntamente com a maleta nuclear, o chefe de Estado também carregava uma pasta classificada totalmente dedicada ao assunto Ovni e com fato material..

Dmitri Medvedev.
(Clique na imagem para amplia-la)

Dmitry Medvedev disse que isso era verdade. De acordo com o primeiro-ministro, para além da pasta, o chefe de Estado tinha também em seu poder relatórios dos serviços secretos, cuja tarefa era controlar os alienígenas em território russo. Quando perguntado pela jornalista se havia muitos estrangeiros que vivem entre nós, Medvedev se recusou a responder e explicou que era, “de modo a não criar pânico”. No entanto, ele sugeriu que os interessados no assunto deveriam assistir a um “crónica documentário” chamada “Men in Black”, documentário Russo.

Naturalmente, esta resposta poderia ser tratado como uma piada. Mas tudo era falado seriamente, pois, tanto na época da União Soviética e na Rússia moderna, o tema de OVNIs e outros fenômenos paranormais foram e continuam a ser classificado como de alta relevância, e portanto nenhum dos funcionários nunca vão dizer nada sobre isso publicamente.

Por outro lado, há especialistas que já não detêm quaisquer cargos superiores e, portanto, têm mais espaço de manobra para falar sobre o assunto. Alguns ex-altos oficiais militares soviéticos decidiram recentemente levantar o véu do segredo sobre o mistérioso assunto dos Ovnis.

Foi o que aconteceu no final de Março de 2013, na conferência “Zigel”, nome da conferência dado em homenagem ao astrônomo soviético e matemático que é creditado como sendo o fundador da ufologia na Rússia, Felix Zigel. Este evento bi-anual foi realizada em Moscou por mais de 20 anos e é dedicada ao estudo de fenômenos paranormais.

Zigel Felix.
(Clique na imagem para amplia-la)

Por muitos anos, os relatos de avistamentos de OVNIs foram tratados na União Soviética como não-ciência, ou puramente ficção e que não é digno de atenção de cientistas ditos como “sérios”. Apenas alguns entusiastas como Felix Zigel, perceberam que esses fatos precisam ser estudado mais profundamente e com seriedade.

Na década de 1960, Zigel elaborou muitas palestras públicas sobre o tema, incitando assim os voluntários a participar da tarefa de recolher todas as informações possíveis sobre Objetos Voadores Não Identificados.

O divisor de águas para que oficialmente se tomasse alguma atitude para com o fenômeno Ovni, veio em 1978, quando centenas, se não milhares de pessoas na cidade de Petrozavodsk, na Rússia testemunharam um objeto luminoso estranho pairando no céu por várias horas.

Os serviços de emergência locais foram inundados com chamadas de várias pessoas que estavam com pavor do que presenciavam. Até mesmo países vizinhos pediram à União Soviética para explicar se o que estava ocorrendo não era um exercício militar de algum equipamento bélico misterioso do exercito vermelho.

Ovni Avistado na cidade de Petrozavodsk, na Rússia.
(Clique na imagem para amplia-la)

A última gota foi uma carta do acadêmico Aleksandrov, o pai fundador das centrais nucleares soviéticas, que frisava que seria um erro continuar a ignorar a questão Ovnis. De acordo com ele, era necessário a criação de programas especiais para estudar esses fenômenos com muita urgência.

A fonte de todas estas informações é um grande general aposentado, pesquisador da Academia de Segurança, Defesa e Lei e Ordem, Vasily Yeremenko.

Na época, Yeremenko estava no comando da divisão KGB, supervisão da força aérea e fabricação de aeronaves. Foi sua divisão, confiada a tarefa de recolher todos os relatos de avistamentos sobre Ovnis.

Vasily Yeremenko.
(Clique na imagem para amplia-la)

Nesta época em que comandava a divisão, Yeremenko disse que, havia tido um grande acumulo de relatórios sobre vários incidentes paranormais. Unidades de tropas de mísseis foram ainda instruídas sobre como se comportar no caso de avistamento de Ovnis, o principal era a agir de uma forma para que não se criasse uma oportunidade para uma agressão ou retaliação por parte dos Ovnis.

No início de 1980, um experimento para “convocar” um Ovni foi trabalhado em uma faixa militar na região de Astrakhan. Até então, os especialistas se deram conta de que os Ovnis eram freqüentemente avistados em áreas de “grande tensão”, por exemplo, durante os testes de armas nucleares, ou quando havia uma grande quantidade de equipamento militar reunidos em uma área.

“Pode-se dizer que, durante o experimento, aprendemos a “chamar” um Ovni. Para isso, haveria um aumento acentuado no número de voos efetuados por aeronaves de combate e uma grande quantidade de movimento de equipamentos de guerra. Então os Ovnis apareciam com quase 100 por cento de probabilidade”, disse Yeremenko. Segundo ele, a maioria dos objetos que apareciam eram esferas luminosas, tipo Orbes.

Com o tempo, todos os participantes da experiência tornaram-se tão acostumados a estes fenômenos que tomaram como correiqueiro. Alguns até tentaram fazer contato pessoal com os objetos. “Era assim:.. Uma pessoa no chão agitava os braços, duas vezes para a direita e duas vezes para a esquerda a bola no céu reagiria ao aceno, balançando duas vezes para a direita e, em seguida, duas vezes para a esquerda, não tinhamos a menor ideia de como explicar isso”, disse Yeremenko.

Ovni Negro na Russia.
(Clique na imagem para amplia-la)

No final, os militares, juntamente com os cientistas que participaram do experimento, chegaram a três conclusões principais. Em primeiro lugar, estes podem ser fenômenos naturais que a ciência moderna ainda não é capaz de explicar. Em segundo lugar, estes podem ser armas dos EUA ou equipamento de reconhecimento Japonês. E finalmente, estes podem ser objetos extraterrestres.

Atualmente, Ovnis foram relegados para as páginas de tabloides sensacionalistas e é por isso que, como Yeremenko acredita, cientistas sérios não ousam declarar nada a respeito do assunto e portanto permanecem em silêncio.

Em conversas privadas com os pilotos e cosmonautas, obtêm-se vários relatos de sobre o assunto Ovnis, porém eles não querem falar sobre isso publicamente. Ainda assim, o especialista está convencido de que esta questão deve ser levada a sério como uma questão de segurança planetária.

Assista ao vídeo aqui!

Fonte: Seção 51.
Editado por: Arquivo X do Brasil.

6
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: