)

«

»

out 15 2016

Astrônomos analisam 234 possíveis sinais inteligentes, vindos de estrelas iguais ao nosso Sol.

“…Consideramos a possibilidade, prevista em um trabalho publicado anteriormente, de que os sinais sejam causados por pulsos de luz gerados por uma Inteligência Extraterrestre (IET), para que fiquemos cientes de sua existência.  Descobrimos que os sinais detectados têm exatamente o formato de um sinal de IET, previsto em publicações anteriores, e assim em concordância com esta hipótese…”

Teriam os pesquisadores captado sinais de civilizações alienígenas avançadas no Universo, se comunicando?  Um novo trabalho publicado analisa algo realmente ímpar que está ocorrendo no espaço.

O Universo.
(Clique na imagem para amplia-la)

Especialistas da Sloan Digital Sky Survey estão trabalhando na análise de 2,5 milhões de estrelas e monitorando seus padrões de emissão de luz.  Enquanto estavam investigando, os cientistas notaram que por volta de duzentas dessas estrelas estavam se comportando de forma estranha.

Eles observaram breves pulsos de luz vindos de 234 das 2,5 milhões de estrelas. Os pulsos são consistentes como um ‘laser de alto poder’ – como aqueles que somos capazes de produzir – e estavam apontados na direção de outras estrelas.

Muitos especularam que esta poderia ser uma das formas que os alienígenas se comunicam.

De fato, este método de sinalização e detecção foi descrito em 2012 em outros trabalhos de pesquisa.

O novo estudo, que foi publicado em arXiv.org, indica:

“Sinais tendo o mesmo período foram encontrados em somente 234 estrelas, predominantemente na gama espectral F2 até K1.  Os sinais não poderiam ter sido causados por efeitos instrumentais ou de análise de dados, porque estes estão presentes em somente uma pequena fração das estrelas dentro de uma gama espectral estreita, e porque as consideração da taxa de sinal para ruído predizem que o sinal deveria, pela maior parte, ser detectado nos objetos mais brilhantes, enquanto este não é o caso.”

Alienígenas não são a única opção. Na verdade, especialistas têm considerado várias possibilidades, tais como as transições rotacionais em moléculas, pulsações rápidas e, é claro, a transformação Fourier das linhas e sinais espectrais gerada pela Inteligência Extraterrestre – IET.

Antes de considerar a possibilidade IET, os pesquisadores quiseram ver se os pulsos de luz eram causados pelas transições rotacionais em moléculas ou rápidas pulsações das próprias estrela.  Contudo, eles descobriram que esta explicação era improvável, pois a natureza dos pulsos de luz não pôde ser atribuída com tal regularidade à atividade solar.

Entre as teorias prevalecentes está a de que estes sejam de fato sinais gerados por uma civilização alienígena avançada. Os extraterrestres podem estar usando ‘pulsos’ para se comunicar com outras civilizações.

Este método foi detalhado num trabalho de pesquisa publicado em 2012 pelo Dr. Borra.

Nesse estudo, o Dr. Borra sugere que os pulsos de luz originários de estrelas podem ser uma forma com que as civilizações alienígenas avançadas estejam tentando fazer o primeiro contato, já que este é um método não-intrusivo e não intimidador para os humanos.

Os pesquisadores concluem que:

“…neste estágio, a geração de modulação espectral por uma IET é uma hipótese que precisa ser confirmada com mais pesquisa. Isto pode ser feito por observações repetidas dessas estrelas, com detectores fotoelétricos capazes de detectar sinais de intensidade muito rápida. Contudo, a IET não necessariamente pode nos enviar pulsos a todos os momentos, assim a falta de detecções em algumas estrelas não significa que lá a IET não exista. A razão porque a IET possa não estar enviando pulsos a todos os momentos pode ser simplesmente devido ao fato que os sinais devem ser enviados a um grande número de estrelas, assim muito energia é requerida para enviar os pulsos para todas as estrelas o tempo todo…”

Vídeo: Óvnis e Sinais

Fonte: m3m3, ancient
Editado por: Arquivo X do Brasil

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: