)

jan 15 2017

Governo dos EUA admite ter recebido mensagens extraterrestres

Mensagens Extraterrestres.
(Clique na imagem para amplia-la)

Acreditem ou não, mas de forma estranha, como se tratasse de uma nova moda entre governos ao redor do mundo, a maior agência de segurança do governo dos EUA, a Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos (NSA), decidiu de uma hora pra outra desclassificar um documento que parece confirmar a recepção de mensagens emitidos por uma inteligência extraterrestres; inclusive elaboram um guia para decodificar a comunicação. A National Security Agency  criou um novo arquivo com documentos que aparentemente confirmam a recepção de comunicação emitida por extraterrestres …

(estes documentos já foram divulgados extra-oficialmente há 5 anos). Curiosamente nos últimos dois meses tanto os governos britânico e francês, como o FBI, decidiram liberar informação relacionada à interação com vida extraplanetária, ciclo mantido pela revelação da CIA sobre o qual Kennedy solicitou informação sobre contatos alienígenas uma semana antes de que fosse assassinado. Mas este estranho ufo-fashion noticiário inevitavelmente convida qualquer uma a fazer questionamentos. Qual é a real agenda por trás desta súbita abertura ante este tema?

Entre a informação liberada após a ação civil “Citizens Against Unidentified Flying Objects Secrecy v. National Security Agency” pela NSA existe um documento particularmente interessante, o NSA Technical Journal Vol XIV No 1, folha número 41472, intitulado “Key To The Extraterrestrial Messages” (Chave às Mensagens Extraterrestres), apresenta uma série de 29 mensagens que foram recebidas desde o espaço exterior e que aparentemente foram emitidos por inteligência extraterrestre.

O documento foi escrito para tentar compreender as mensagens incluídas nesta comunicação extraterrestre. O mais notável deste artigo agora liberado é que não só confirma a existência de inteligência extraplanetária (da qual assombrosamente ainda muitos duvidam), senão que ademais confirma também o que muitos sugeriram durante décadas recentes: que o governo estadunidense mantém comunicação coerente com civilizações extraterrestres, inclusive provenientes além dos limites de nosso sistema solar. A seguir um extrato traduzido da transcrição da página 21:

“Recentemente uma série de mensagens de rádio foram registradas provenientes do espaço exterior. A transmissão não foi contínua, senão entrecortada em fragmentos por pausas que poderiam ser consideradas como unidades já que eram repetidas em várias ocasiões. As pausas definem um tipo de pontuação incluída na mensagem. As múltiplas combinações foram convertidas em letras do alfabeto para que as mensagens fossem traduzidas em texto. Cada mensagem, exceto a primeira, foi registrada só uma vez. O número serial das mensagens foram previstas com cada referência”.

Com este documento publicado, e que pode ser baixado no seguinte endereço: Key To The Extraterrestrial Messages, a NSA se une às outras duas agências estadunidenses, o FBI e a CIA, continuando assim esta estranha moda. Trata-se de uma espécie de propedêutico psicomassivo para finalmente, depois de décadas de desinformação, inteirar-nos com clareza sobre o status da relação entre a raça humana e civilizações extraterrestres? Ou, simplesmente estamos em frente a uma campanha propagandística a mais para distrair a atenção pública de acontecimentos ou decisões que afetariam plausivelmente nosso futuro imediato por causa da crise naquele país?

Não teremos a resposta tão cedo, mas devemos nos preparar para uma grande tormenta de teorias cosnpiranoicas, possivelmente jamais vista até hoje.

Mensagens enviadas pela Terra

Mensagens Enviada aos Extraterrestres.
(Clique na imagem para amplia-la)

Esta mensagem foi enviada em 1999 para os extraterrestres. Supondo que os extraterrestres existem… supondo que estão na direcção da mensagem… supondo que são inteligentes… supondo que têm telescópios apropriados… supondo que recebem alguma coisa… supondo que conseguem saber que isto é uma mensagem… supondo que têm olhos…Depois destas suposições todas (e muitas mais!), será que conseguiriam descodificar esta mensagem? Teriam que ter olhos, teriam que pensar da mesma forma que nós, teriam que ter um nível de inteligência semelhante, teriam que perceber de matemática, etc, etc, etc.

Yvan Dutil e Stephane Dumas investigam possíveis mensagens para extraterrestres, chegando até a terem já enviado duas em 1999 e 2003.Recentemente afirmaram que as mensagens que enviamos para os extraterrestres são demasiado chatas; e esta é a principal razão dos extraterrestres nem se darem ao trabalho de nos responderem.

Segundo eles, enviamos noções matemáticas e noções científicas; mas isso não é nada apelativo para civilizações avançadas extraterrestres, porque isso já elas sabem!

Como diz este site, seria o mesmo que responder “sou homem” quando uma rapariga pede que fale mais sobre mim.
O que devemos comunicar são coisas novas e diferentes para eles, algo que nos seja único; isso sim despertar-lhes-à a curiosidade e fará com que eles queiram saber mais sobre nós.

Eles dizem que o melhor será falar-lhes da nossa sociedade. Características sociais humanas serão para os extraterrestres mais apelativas que conhecimentos científicos sobre o nosso planeta e o universo que eles já saberão há muito tempo.
O mesmo diz Douglas Vakoch, afirmando que as mensagens têm que ser aliciantes, e daí que deveriam dizer respeito à natureza humana – com a sociologia, a antropologia, e a psicologia à cabeça.

Mensagens Enviada aos Extraterrestres em uma placa de ouro, contendo informações sobre nosso sistema solar e os humanos.
(Clique na imagem para amplia-la)

As duas primeiras sondas a abandonar o nosso Sistema Solar, as Pioneer 10 e a Pioneer 11 levavam consigo uma mensagem gráfica num disco de ouro colocado na estrutura principal das sondas.

Nestas placas constavam um homem e uma mulher em atitude de saudação (curiosamente, o homem é o único que esta a saudar, dando a entender que é o líder do casal…) As formas físicas de ambos foram determinadas por computador de forma a achar as “formas médias” de um ser humano.

A chave para a tradução das placas reside no elemento químico mais comum no Universo, o hidrogênio. O elemento surge na placa é o fundamento para a compreensão de toda a placa. Concebida por Carl Sagan e por Frank Drake a placa seria desenhada pela esposa de Sagan, Linda Salzman Sagan.

A PLACA DA DISCÓRDIA A mensagem para os extraterrestres deixou a América conservadora de 1973 em polvorosa. Os jornais publicaram imediatamente o desenho, mas não contavam com os protestos de quem não concordava em mandar para o Espaço ilustrações de um homem e uma mulher nus.

A imagem chegou a ser retocada no Chicago Sun-Times para que os orgãos sexuais desaparecessem. O editor do Los Angeles Times recebeu cartas de leitores indignados com a NASA, acusando-a de desperdiçar o dinheiro dos contribuintes com «obscenidades». Também havia cartas de feministas ofendidas com o facto de a mulher da placa parecer estar subordinada ao homem: «A mulher parece estar atrás dele. E por que razão é o homem quem faz a saudação?» Outros protestos tinham a ver com o facto de as figuras humanas representarem demasiado uma única raça – e entre os queixosos encontravam-se pessoas de todas as raças.

Sagan comentou o folclore que a placa provocou nos Estados Unidos: «O envio dessa mensagem obriga-nos a considerar como desejamos estar representados no plano cósmico. Qual é a imagem da Humanidade que queremos apresentar a uma civilização superior situada em qualquer ponto da Galáxia? A transmissão da mensagem estimula a nossa perspectiva cósmica enquanto espécie. Creio que o maior significado da placa da Pioneer 10 não é propriamente o facto de enviar uma mensagem ao exterior, mas ser também uma mensagem enviada a nós próprios.» (do livro Ligações Cósmicas).

Vídeo: Arquivos Extraterrestres – A Agenda Grey

Fonte: http://www.mdig.com.br e http://bitaites.org
Editado por: Arquivo X do Brasil

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: