)

«

»

fev 27 2017

SERPO – Zeta Reticuli – Programa de Intercambio – Segunda Parte

Ilustração – Projeto SERPO.
(Clique na Imagem para Amplia-la)

A civilização Eben de Serpo foi estimado com cerca de apenas 10 mil anos de idade. Eles evoluíram a partir de outro planeta, não originariamente em Serpo. No planeta original dos Ebens a vida foi ameaçada pela atividade vulcânica extrema. Os Ebens tiveram que se mudar para o planeta Serpo, a fim de proteger a sua civilização. Isso ocorreu a cerca de 5.000 anos atrás em “nossa” escala de tempo. Os Ebens tiveram uma grande guerra interplanetária com outra raça a cerca de 3.000 anos atrás. Eles perderam muitos milhares de indivíduos nessa batalha. Os Ebens eliminaram completamente todos os seus inimigos. Eles nunca mais lutaram uma outra guerra desde então. Os Ebens são viajantes espaciais durante os últimos 2.000 anos e os primeiros de sua espécie que visitaram a Terra foi há cerca de 2.000 anos atrás.

Por que o número da população dos Eben são apenas de cerca de 650.000 indivíduos (nos anos de 1970)? Eles têm uma civilização muito estável e estruturada. Cada macho tem uma companheira. Eles estão autorizados a se reproduzirem (em algo do mesmo modo com que nos reproduzimos sexualmente), mas estão limitados a apenas um número específico de crianças. A nossa equipe visitante nunca viu uma família com mais de dois filhos em Serpo.

A civilização Eben esta tão estruturada que eles planejam o nascimento de cada criança, com espaçamento entre eles para permitir um agrupamento social mais apropriado da civilização. As crianças Eben amadurecem a um ritmo super rápido, comparadas às crianças da Terra. Nossa equipe assistiu a nascimentos ao vivo, atendidas por um médico dos Ebens, e depois assistiu ao desenvolvimento da criança durante um período de tempo, “tempo” do membro da equipe. Eles amadureceram em uma taxa rápida para os padrões da Terra.

A civilização dos Ebens tem cientistas, médicos e técnicos. Existe uma instituição de ensino no planeta. Se um ser for escolhido, ele participa da instituição e aprende o trabalho que será melhor qualificado e adequado para o indivíduo. Apesar de ter sido extremamente difícil avaliar ou medir, a equipe estimou o QI de cada Eben ser de 165 (Em nosso planeta seria considerado um Gênio).

Os Ebens não tem nenhum governante único, como um “Presidente”. Existe um “Conselho de Governadores“, que a equipe conheceu. Este grupo controla cada ação sobre o planeta. Os membros do conselho parecem participar dele em torno de um longo tempo. Desde que os Ebens não envelhecem – ou pelo menos a nossa equipe não conseguiu detectar o envelhecimento enquanto lá esteve- era difícil julgar a idade de cada membro.

Havia cerca de 100 aldeias ou locais diferentes para se viver no planeta para os Ebens. Eles usam apenas uma pequena parcela de seu território. Eles fizeram minas de minerais em áreas remotas do planeta e tem uma grande planta industrial na porção sul do planeta perto de um corpo de água. Nosso time determinou que esta planta tem algum tipo de operação de hidrelétricas.

Os Ebens também desenvolveram um tipo diferente de geração de energia elétrica e sistema de propulsão para veículos. Ele era desconhecido para a nossa equipe e eu não acho que nós nunca realmente a entenderemos. Eles foram capazes de acessar um vácuo/vazio e trazer de volta uma quantidade enorme de energia a partir desse vazio (O mesmo método de geração de energia que existiu em Atlântida).

Os alojamentos de nossa equipe no planeta, que consistia de vários edifícios pequenos, possuíam eletricidade alimentada por uma pequena caixa. Esta pequena caixa fornecia toda a energia necessária para nossa equipe. Ironicamente, os equipamentos elétricos que a nossa equipe trouxe da Terra na viagem trabalharam com sua única fonte de energia.

Os Ebens morriam. Os membros da nossa equipe viram as mortes, alguns por acidentes e demais por causas naturais. Os Ebens enterravam os corpos, similar ao nosso método. Nossa equipe viu dois acidentes aéreos envolvendo seus veículos usados somente dentro do seu planeta.

Os Ebens adoram um Ser Supremo. Parecia ser uma espécie de divindade relacionada com o Universo. Eles realizavam serviços diários, normalmente no final do período de trabalho em primeiro lugar. Eles tinham um edifício ou igreja que ocupavam para o seu culto.

Nossa equipe deixou a Terra em 1965 em uma grande nave espacial Eben e voou para Serpo em viagem com duração de cerca de nove meses com medição pela equipe em nosso tempo terrestre. Para a nossa equipe retornar para a Terra, eles viajaram em uma nave Eben mais recente tecnologicamente. O tempo estimado pela nossa equipe para o retorno, foi de sete meses.

ADENDO do Moderador (Victor Martinez)

Documento informativo do ”Projeto Aquarius” ABOVE TOP SECRET / MAJIC (MJ-12) EYES ONLY

(TS / Orcon) – A maioria dos documentos governamentais relativas aos avistamentos de OVNIs, incidentes e as políticas governamentais, incluindo o “Projeto Blue Book”, foram lançados ao público ao abrigo da FOIA ou em vários outros programas de libertação de informações.

O Grupo MJ-12 sentiu os restantes documentos e informações (não relacionadas com o “Projeto Aquarius”), relativamente aos fatos tecnológicos em questões de problemas médicos alienígenas, o fato de que um alienígena foi capturado vivo e sobreviveu a três anos, sob segredo, não pode ser liberado ao público por temer que as informações seriam obtidas por SHIS. Havia outras informações obtidas a partir dos EBEs, que foi considerada sensível, e não liberável ao público.

Imagem de luzes EM FORMAÇÃO no céu da manhã sobre Salem, MA.
(Clique na Imagem para Amplia-la)

Imagem de luzes EM FORMAÇÃO no céu da manhã sobre Salem, MA, a radio estação alegou ser um objeto voador não identificado, ou UFO/OVNI, também conhecido como um disco voador; as fotos foram tomadas por Shell Alpert da Guarda Costeira e testemunhado pelo seu colega de Guarda Costeira, Thomas E. Flaherty, em 16 de JULHO de 1952. Prováveis espaçonaves oriundas do planeta SERPO, sistema solar de ZETA RETICULI (Fotos do arquivo do Projeto Aquarius).

Notavelmente, o “Projeto Aquarius”, Volume IX, que pertence ao traçado da primeira visitação (desse planeta SERPO) alienígena da Terra há cerca de 5.000 anos atrás. Os EBEs relataram que dois mil anos atrás, seus ancestrais plantaram uma criatura humana sobre a terra para ajudar os habitantes de nosso planeta no desenvolvimento de uma civilização. Essa informação foi muito vaga e mesmo a informação exata da identidade ou antecedentes sobre este homo sapiens não foi obtida.

Sem dúvida, se esta informação fosse divulgada ao público em geral, poderia causar um pânico mundial. MJ-3 desenvolveu um plano que irá permitir a liberação do Projeto Aquarius, Volumes I a III. O programa de lançamento de informações exige uma libertação gradual das mesmas ao longo de um período de tempo, a fim de condicionar o público para divulgações futuras. O Anexo 5 deste briefing contém algumas orientações para futuros lançamentos ao público.]

Comentário (por Paul McGovern):

“Por vezes, a verdade é difícil de entender, principalmente por pessoas de mente fechada”. (Frase Lapidar !!!)

Por favor, leia a declaração que Einstein fez a uma sociedade científica alemã em 11 de maio de 1934. Eu não vou citá-lo realmente, mas ele disse que as mais estúpidas das pessoas no mundo são os cientistas que mantêm suas mentes fechadas para novas idéias (e também aqueles que se deixam influenciar pelas suas “opiniões científicas”).

Você está tentando embasar o nosso entendimento científico sobre um outro mundo. Nós descobrimos um bom tempo atrás que esse tipo de pensamento bloqueia o progresso. Nós nunca poderíamos ter entendido os dons dos EBEs visitantes se tivéssemos pessoas como os cientistas atuais com mente bloqueada tentando descobrir. Nos tivemos alguns cientistas de mente aberta que foram capazes de pensar além do domínio da ciência baseada em nosso Planeta Terra.

Eu não sou cientista, mas sei o suficiente para manter minha mente aberta. Eu não posso atestar a origem das estatísticas de Victor, mas sei que ele deve estar falando de conhecimento, pois é o mesmo conhecimento que li há anos. Basta as pessoas manterem a mente aberta. Depois de fechar a mente, você está perdido em seus próprios pensamentos equivocados.

Os dados completos sobre o Planeta SERPO contam em cerca de três mil páginas.

“Não havia televisões, estações de rádio ou qualquer coisa semelhante. Os Ebens praticavam um jogo, algo como o futebol, mas com uma esfera maior. O objetivo era chutar a bola em um campo para dentro de uma meta. O jogo tinha regras muito estranhas e eles jogavam por longos períodos de tempo”. . .

Postagem nº 5 – por Anonymous (13 de novembro de 2005)

Obrigado pela cooperação que pretende mostrar quanto as minhas informações sobre o planeta SERPO. Sua atenção para este assunto é muito, muito apreciada. Eu às vezes digito mais rápido do que penso e, portanto, meus dedos cometem erros de gramática e ortografia de vez em quando.

Imagem de Serpo Zeta 1 e 2.
(Clique na Imagem para Amplia-la)

Meus colegas (o Sr. Anonymous NÃO ESTÁ SOZINHO na liberação das informações) e eu estamos discutindo várias opções diferentes, quanto à divulgação dessas informações sobre Serpo. Primeiro, devemos obter a sanção adequada de oficiais do governo do passado envolvidos no projeto. O grupo chamado de MJ-12 – Majestic Project – que não era realmente o grupo que controlava a informação – mas por razões de clareza, vamos chamá-los de “MJ-12“. O nome real do grupo que controlava, geriu e supervisionou o Projeto SERPO foi chamado de ____ ____ (nome suprimido por questões de segurança).

Muitos já morreram, mas ainda temos alguns por aí. Nós estamos pedindo sua aprovação para a liberação. Em seguida, devemos obter a sanção oficial atual. Esta pode ser um pouco mais difícil. Os atuais funcionários do DIA (Defense Intelligence Agency) têm muito pouco conhecimento do assunto. No entanto, vamos avançar com os nossos planos. Nosso principal defensor é _____ , o ex-diretor de____. Ele está em nosso lado e vai apoiar o nosso plano de liberação gradual das informações.

A proposta de um de seus leitores [Bill Hamilton] sobre a criação do site é uma ótima idéia. Com a colaboração de vários co-autores “, poderíamos criar um site e postar alguma informação sobre o assunto nesse site. Até lá, continuarei a fornecer as informações oficiais somente através de você.

Em relação ao site. Eu sei que temos alguns obstáculos a superar. Talvez poderia ser ou não ser um primeiro passo positivo. Mas temos várias opções diferentes. Se o plano não funcionar, talvez o Plano B poderá. Nós já discutimos tudo sobre a liberação das informações, desde uma conferência de imprensa internacional até uma entrevista coletiva no Clube Nacional de Imprensa dos EUA.

Estamos também a estudar a sua sugestão de liberar as 100 páginas principais (das 3.000) para você e, em seguida, encaminhá-las para todo o país para as seis pessoas-chave que você nomeou no seu e-mail: Dr ____,Dr ____, Dr ____,Dr ____, Dr____ e Dr____ , (nomes suprimidos por questões de segurança)..

Destes indivíduos, concordo com você que seria de manifestada importância ternos alguém como o Dr. ____, que tem a estatura e destaque na comunidade científica internacional para participar da liberação e análise, não só para dar credibilidade ao lançamento programado, mas também para ajudar a explicar as complexas teorias científicas concernentes às Leis da Física que regem o PlanetaSERPO e seus princípios para o público leigo no assunto. Nós vamos deixar você saber.

Vou dar algumas respostas às muitas perguntas quando eu encontrá-los. Lembre-se, eu tenho mais de 3.000 páginas de dados para ver e mais dois volumes consideráveis de outros dados complementares sobre o assunto SERPO.

Eu tenho estudado os documentos e os dados. Eu não consigo encontrar todas as respostas para as perguntas de todos, mas eu encontrei algumas respostas especialmente àqueles decorrentes das perguntas do membro da lista de discussão do assunto UFO, Bill Ryan.

1) Eu encontro em algumas das perguntas [de diversos membros da lista], serem muito perturbadoras. Eu esperava plenitude de pensamento nas respostas, em vez de críticas. A informação que eu estou fornecendo SOBRE SERPO vem diretamente de documentos oficiais e altamente secretos. Mas eu acho que é difícil para os nossos cientistas baseados na Terra compreenderem algo estranho para eles.

A crítica que está sendo feita por membros de sua lista de cientistas não me incomoda. Estou apenas afirmando o que os documentos oficiais dizem. Quanto aos cálculos científicos, os nossos cientistas baseados em Terra tem as mesmas perguntas. Nossos cientistas baseados na Terra questionaram os métodos de recolhimento de dados da equipe que viveu treze anos no Planeta SERPO. Mas no final, os nossos cientistas descobriram que os nossos princípios científicos aplicados aqui em nosso planetanem sempre funcionava no Planeta Serpo. Uma vez que os nossos cientistas ABRIRAM suas mentes, perceberam que os cálculos foram feitos e comprovam os dados da equipe que lá esteve.

2) Um dos principais cientistas (um astrônomo), contatado para nos auxiliar foi o Dr. Carl Edward Sagan. Inicialmente, ele foi o maior cético do grupo de análise. Mas a medida que a informação foi sendo lentamente analisada, o Dr. Sagan voltou para o meio. Eu não posso dizer que ele aceite na íntegra todos os dados, mas ele concorda com o relatório final.

3) As discussões ao vivo trazem algumas perguntas muito interessantes. Algumas das quais eu não consigo encontrar respostas. Embora a nossa equipe passasse mais de uma década (Treze anos de nosso tempo terrestre) em Serpo e nos planetas próximos, eles não tinham um computador (quando o time de doze embarcaram para o Planeta Serpo em 1965 não havia essa tecnologia disponível) portátil para inserir todos os dados. Eles tinham dois gravadores, que foram responsáveis por anotar os dados. Nossa equipe reconhece que muitos dados foram perdidos ou não documentados.

Sobre as perguntas [Bill Ryan]

4) Com relação a contagem do tempo:

Os membros da equipe levaram consigo vários instrumentos de medição do tempo, por exemplo, relógios de pulso, com mecanismo de corda manual, sem baterias, como indicado nos registros de dados. Os mecanismos de medição de tempo trabalhavam, mas a equipe não tinha qualquer referência de tempo desde que o dia em Serpo eram mais longos, em média de 43 de nossas horas, o crepúsculo e a aurora eram períodos mais longos e eles também não tinham agendas para sua referência.

Eles usavam as peças para calcularem movimentos, por exemplo, o tempo de circulação do Planeta dos Ebens ao redor dos dois sóis. Os cientistas também calcularam o tempo entre o período de trabalho e períodos de descanso. Mas, depois de algum tempo no Planeta Serpo, a equipe descartou os mecanismos de tempo da Terra e passou a usar a medição de períodos de tempo dos Ebens. A equipe tornou-se confusa com os calendários que trouxeram – um calendário de 10 anos.

Após 24 meses, a equipe perdeu a noção do tempo, como o calendário, uma vez que não poderiam mais calcular corretamente os dias em relação aos dias terrestres. Montaram um grande relógio para a hora da terra, quando eles partiram daqui. No entanto, este era um relógio controlado por bateria e quando a bateria morreu, o relógio parou e eles se esqueceram de trocar a bateria no tempo devido. Consequentemente, eles perderam o tempo da terra. O time levou uma grande quantidade de baterias, mas elas acabaram a carga após cinco anos. Os Ebens não tinham nenhum item comparável com as baterias.

5) A Equipe também levou barbeadores elétricos, cafeteiras, aquecedores elétricos, a DIM (sem explicação para o que era), uma máquina de escrever IBM elétrica, uma calculadora científica, réguas (convencional e científica), Base de Gravação de Coleta de Dados (BDCR ), três telescópios de diferentes tamanhos, tangentes, ambos convencional e elétrico.

A lista de itens vai por ai… Mas eles levaram tudo que lhes foi permitido levar, dentro do peso permitido. Os Ebens pesaram o material levado por nossa equipe. O limite de peso foi de 4,5 toneladas ou 9,000 libras. Quanto à comida, a equipe levou C-rações, estilo militar. Eles cuidadosamente planejaram para tudo durar 10 anos.

6) Outra questão pertencia à formação da equipe. Por que só foram tomadas duas mulheres?
Se considerarmos o problema monumental associado a escolher uma equipe de 12 pessoas, onde cada pessoa deveria ser totalmente apagada de seus registros do sistema militar- sem vínculos familiares, sem cônjuge e sem filhos – pode-se ver a dificuldade que o grupo tinha para sua seleção. O grupo de seleção escolheu os melhores membros da equipe a partir de um conjunto limitado de pessoal militar.

O grupo original de seleção escolheu 158 pessoas. As 12 finais foram selecionados a partir desse número. Se você considerar o fator psicológico, e outros exames médicos que tiveram de ser administrados, os 12 finalistas eram os melhores qualificados a partir do número original. Por que eles escolheram duas mulheres nunca foi escrito. Aparentemente, as duas fêmeas foram as melhores qualificadas em suas especialidades individuais: uma médica e uma lingüista.

7) Como os Ebens avançaram tão rapidamente em sua sociedade?

Nada foi escrito sobre o assunto. Mas os cientistas baseados na Terra suspeitaram que desde que a cultura Eben consistia de apenas uma espécie única, o seu brilhante e acelerado avanço foi mais rápido do que uma civilização que consiste de diferentes espécies, línguas diferentes, culturas diferentes, etc.

8) Por que existem apenas 650 mil indivíduos (em 1978, quando o time voltou do planeta Serpo) na civilização Eben?

Novamente, a equipe nunca encontrou a resposta, exceto que muitas centenas de milhares de Ebens morreram na Grande Guerra. Especialistas baseados na Terra supõe que o comportamento social da civilização Eben foi estruturado para atender suas próprias necessidades. Nossa equipe encontrou fontes limitadas de recursos no planeta Serpo. Grandes edifícios foram utilizados para produzirem colheita de produtos alimentícios.

O solo não era rico em muitos minerais. Os Ebens usavam uma forma de agricultura orgânica para produzirem alimentos. Talvez os Ebens estivessem com medo que se povoassem muito o planeta, eles não poderiam oferecer tudo que fosse necessário aos seus cidadãos. Esta é apenas uma hipótese minha, e não qualquer coisa escrita nos registros oficiais.

9) No que respeita à cultura Eben:

Eles tem uma forma de entretenimento musical. A música soa como ritmos tonais. Também ouviam um tipo de canto. Os Ebens eram dançarinos. Eles comemoravam determinados períodos de trabalho com uma dança ritual. Os Ebens que formavam um círculo e dançavam ao redor, ouvindo o tipo de música com canto. A música era executada com sinos e tambores, ou algo semelhante a eles.

Não havia televisões, estações de rádio ou qualquer coisa semelhante. Os Ebens praticavam um jogo, algo como o futebol, mas com uma esfera maior. O objetivo era chutar a bola em um campo para dentro de uma meta. O jogo tinha regras muito estranhas e eles jogavam por longos períodos de tempo. Eles também tinham um outro jogo, principalmente jogado pelas crianças, que consistia em fazer formações com grupos de Ebens. Eles pareciam realmente gostar do jogo, mas a nossa equipe teve pouca compreensão do mesmo.

Embora a civilização Eben do Planeta Serpo não tenha televisão, rádios, etc, cada Eben tinha um pequeno aparelho com cinto na cintura. Este dispositivo dava ordens para executar uma determinada tarefa, avisos de eventos pendentes, etc , o dispositivo exibia uma tela, similar a uma tela de televisão, mas em um formato estilo 3D. Nossa equipe trouxe de volta um desses dispositivos. (Acho que hoje, poderíamos compará-lo com um Palm Pilot).

10) O dispositivo de energia Eben foi analisado repetidamente por nossa equipe. Desde que os mesmos não tinham acesso a microscópios científicos ou outros equipamentos de medição, não poderam entender a função do dispositivo de energia.

Mas, independentemente da demanda elétrica, o dispositivo de energia cedidos pelos Ebens fornecia corrente e potência adequada. Nossa equipe supôs que o dispositivo tinha algum tipo de regulador que sentia a necessária corrente / potência e, em seguida, fornecia automaticamente essa quantidade específica necessária. (Nota: Membros da nossa Equipe trouxe de volta dois desses dispositivos de energia para análise).

11) O Planeta Serpo orbitava em torno de um único sol. O outro sol ficava entre as duas órbitas. Como eu disse antes, há centenas de páginas de cálculos para o esclarecimento e explicando tudo isso.

12) Por que alguns membros da equipe permaneceram em Serpo!

O interrogatório informou que os membros da equipe que permaneceram, fizeram-no voluntariamente. Apaixonaram-se com a cultura dos Ebens e do planeta. Eles não foram obrigados a retornar. A comunicação com os restantes membros da tripulação durou até aproximadamente 1988. Nenhuma outra comunicação foi recebida daqueles membros da equipe que ficaram. Os dois que morreram no Planeta Serpo foram colocados em caixões e enterrados. Seus restos mortais foram devolvidos para a Terra quando o resto da equipe retornou.

13) Cada membro da equipe recebeu uma grande dose de radiação durante a sua estada no Planeta Serpo. A maioria dos membros da equipe morreu em conseqüência de doenças relacionadas a radiação.

14) A civilização dos Ebens de Serpo travou uma batalha com uma civilização inimiga por um período de tempo. Membros de nossa equipe estimam que a guerra durou cerca de 100 anos, mas, novamente, é de acordo com o nosso tempo. A guerra foi travada com armas de feixe de partículas, desenvolvido por ambas as civilizações. Os Ebens finalmente foram capazes de destruir o planeta inimigo, matando as forças inimigas remanescentes.

Os Ebens nos avisaram que várias outras raças alienígenas dentro de nossa galáxia SÃO HOSTIS. Eles procuram ficar longe dessas raças. Os documentos dos dados sobre SERPO não declaram o nome dos inimigos.

[Fatos rápidos: Dr. CARL SAGAN (Victor Martinez)

Nascido em Brooklyn, NY em 09-11-34 e morreu em Seattle, WA em 20-12-96 de câncer de medula óssea. Ele foi um astrônomo americano, educador e cientista planetário e era o Diretor do Laboratório de Estudos Planetários na Universidade Cornell.

Ligando os pontos: O relatório final do “Projeto Serpo” foi escrito em 1980 com o Dr. Sagan tendo sido trazido em meio do projeto. Acredita-se que ele escreveu seu best-seller de 1985, CONTATO, baseado em seu conhecimento interno que ele teve acesso do projeto mais secreto em toda história humana: Um programa alien-humano de intercâmbio e que ele relata no final de sua obra literária !!!!!

Anos mais tarde, do seu livro foi feito um filme em 1997, “ CONTATO” estrelado por Jodie Foster.]

Assistam ao vídeo abaixo:

Contato Extraterrestre – Assistir Filme Completo Dublado

Fonte: http://www.serpo.org/release1.php e O Arquivo

Editado por: Arquivo X do Brasil

1
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários

  1. Daniel

    Caros, após ter lido todo este material detalhado e datado minuciosamente fica claro que existiram e existem fatos ocorridos que não foram nem são divulgados à população em geral principalmente porque há interesses político-religiosos em jogo.

    Acredito que ninguém que possua sanidade mental apropriada pode negar que desde a idade média vem se praticando vários tipos de controle e dominação psicológica seja pelo poder público, financeiro e religioso em favor de pequenos e seletos grupos de pessoas.

    Quem está no poder sabe disto há centenas de anos mas também sabe que se descobrirmos que muitas instituições baseiam-se em egocentrismo arcaico e exploração humana e que lá fora podem existir civilizações mais elevadas moralmente e justas socialmente do que a nossa….aonde iriam parar as igrejas, templos e mosteiros terrestres ? e quais cidadãos iriam aceitar as injustiças até hoje praticadas pelas minorias no poder ?

    Creio que este é o alicerce que constrói esta “muro” da ignorância forçada pelos governos e correntes religiosas diversas para não perderem o controle absoluto sobre a população em geral.

    Jesus em João 14.1-3 disse: “Na casa do meu Pai há muitas moradas…”

    1. JLT

      Corretíssimo!

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: