)

mar 07 2017

Nasa quer lançar campo magnético para tornar Marte habitável “Cientistas pretendem restaurar aos poucos a atmosfera do planeta”

Ilustração – Campo Magnético de Marte e da Terra.
(Clique na imagem para amplia-la)

 

Segundo os pesquisadores, com o campo magnético a pressão atmosférica e a temperatura do planeta aumentariam naturalmente, derretendo o gelo debaixo dos polos. 

Os cientistas pretendem restaurar aos poucos a atmosfera do planeta, de forma que ele possa abrigar oceanos outra vez – e, possivelmente, colônias humanas

A descoberta de que um dia Marte já teve lagos e correntes d’água em sua superfície não é nova. No entanto, segundo os cientistas, tempestades solares acabaram com a atmosfera do planeta, fazendo com que ele passasse de um ambiente quente e úmido para frio e inóspito. Agora, o plano da Nasa, anunciado semana passada durante o Planetary Science Vision 2050 Workshop, nos Estados Unidos, encontro organizado pela Divisão de Ciências Planetárias da Nasa, é recriar as condições habitáveis de Marte. Para isso, os cientistas pretendem lançar um campo magnético ao redor do planeta que pode, lentamente, recuperar sua atmosfera.

Em sua fala durante o encontro, James Green, um dos diretores da agência espacial americana, disse que, se bem sucedida, a tentativa pode levar à futura instalação humana no planeta vermelho. “Se isso puder ser alcançado ainda em vida, a colonização de Marte não estará muito longe“, diz. Segundo ele, o planeta poderia tornar-se habitável nos próximos 100 anos. O objetivo do workshop era discutir projetos espaciais ambiciosos que podem ser implementados – ou ao menos iniciados – até 2050.

Recriando a atmosfera marciana

Segundo Green, a ideia seria lançar um campo magnético em uma órbita estável entre Marte e o Sol. Com isso, seria possível proteger o planeta do processo erosivo provocado pelos ventos solares e fazer com que a atmosfera se recuperasse naturalmente com o tempo.

Embora o projeto pareça ambicioso e os pesquisadores não tenham dado detalhes de como o campo magnético seria lançado e formado, os cientistas afirmam que já existem pesquisas envolvendo “escudos magnéticos” em miniatura para proteger astronautas e espaçonaves da radiação cósmica, e eles acreditam que uma tecnologia semelhante em larga escala poderia ser utilizada para criar o campo magnético em Marte.

As simulações conduzidas por Green e sua equipe mostram que a estrutura poderia fazer com que Marte recuperasse metade da pressão atmosfera da Terra em questão de anos. O efeito estufa criado também aumentaria a temperatura do planeta gelado até 4ºC, permitindo que o gelo presente sob os polos derretesse. “Talvez um sétimo dos antigos oceanos poderia retornar à Marte”, afirma o cientista.

Segundo Green, a ideia apresentada pela equipe é diferente de projetos de terraformação, que propõem alterar artificialmente a atmosfera dos planetas para que eles possam suportar um ecossistema parecido com a Terra. O que os cientistas da Nasa pretendem é deixar que a transformação ocorra naturalmente, utilizando os conhecimentos em física que existem hoje. No momento, o plano ainda é apenas uma hipótese, porém eles consideram que pode ser possível dentro das próximas décadas.


 



Estamos divulgando notícias sobre Ovnis, Osnis, Ebes, ETs, Alienígenas e afins. Precisamos da sua ajuda.

Doar


Fonte: Veja
Editado por: Arquivo X do Brasil

 

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe um comentário