)

«

»

maio 12 2017

J.J. Benítez diz que há Vida após a Morte.

Vida após a Morte

Vida após a morte.
(Clique na Imagem para Amplia-la)

Livro sobre Vida após a Morte

Em seu livro “Eu estou bem”, j.j.Benítez, reúne 170 casos de aparições de pessoas falecidas, acompanhado de documentação gráfica. 

Conhecido por seu trabalho em ufologia e sua série de romances ” Cavalo de Tróia “, o jornalista espanhol Juan José Benítez (1946), mais conhecido como” JJ Benítez “, disse ontem à noite que há vida após a morte.

O autor também que já publicou mais de 50 livros na Espanha, mais de 40 anos de pesquisa se reuniu um total de 170 casos de aparições de pessoas falecidas.

Debate sobre a existência.

Os dados foram coletados e compilados em um livro com grande documentação gráfica, a publicação lançou debate sobre a existência de vida após a morte e dá uma mensagem de esperança para a morte.

“É um livro sobre um assunto muito controverso. “A morte” e a primeira investigação começou em 1968 e terminou no final de 2012. Foram 170 casos de quase morte”, disse ele.

“Depois deste trabalho de 46 anos de pesquisa, que levou mais da metade da minha vida, eu sou capaz de garantir com objetividade fortemente que a vida existe depois da morte e de vida física, que não tem nada a ver com religião.

Mundo Paralelo.

Autor que não se sabe onde as almas vão após a morte, disse que suas investigações foram realizadas e sua dedução é: “você morre e acorda em um lugar físico que pode ser interpretado como uma outra dimensão, igual ou semelhante à nossa, um mundo paralelo”, disse ele em entrevista à Notimex .

Mas, acrescentou, o que importa é que é um lugar físico, tangível, onde se tem um corpo, não exatamente como o nosso, mas um corpo, pelo menos é o que mostra a pesquisa.

Vida após a Morte

Luz no final de um “TUNEL”.
(Clique na Imagem para Amplia-la)

De acordo com JJ Benítez, experiências selecionadas para “Eu estou bem” foram experimentados por mulheres e homens de diferentes classes sociais, idades, crenças religiosas e níveis culturais.

Parentes Mortos.

Ele disse no texto publicado pela agencia de notícias, “as pessoas que não têm contato umas com as outras, e que não sabem cujos parentes estão mortos. Pude interrogar e investigar os casos desde 1968”.

“Estou ciente da primeira investigação, de 1968, e começa com um jornalista que me contou a sua história que se passou no ano de 1942, quando ele estava em batalha, na II Guerra Mundial, na Rússia”. “Ele foi ajudado no meio de uma nevasca, quando estava em perigo iminente de morte, junto com alguns russos, por um parceiro que tinha morrido 70 dias antes.

“Sua história me intrigou porque ele sabia que o jornalista, era um homem muito sério e nunca tinha tido histórico de alucinações. Sempre relatava com objetividade como seu parceiro de luta foi atingido por um morteiro e morto na hora. Não tinha nenhum sentido em mentir sobre o fato ocorrido, nem porque eu estava interessado neste tipo de pesquisa”, disse ele.

Sonhos Importantes.

Convencido de que algum sinal é revelado quando a morte vem para cada um, disse que os sonhos são muito importantes”, porque, através deles, as informações são passadas, as pessoas mortas aparecem em sonhos para se comunicar”.

Sexto Sentido

Cena do Filme Sexto Sentido.
(Clique na Imagem para Amplia-la)

Outro caso é o de um jovem que morreu em um acidente de carro com sua esposa e dois filhos pequenos. “Um ano após a fatalidade, uma irmã deste rapaz que tinha uma maneira peculiar de bater na chegada de sua casa. Em primeiro lugar ele sempre batia muito forte e, em seguida, batia somente com os nós dos dedos”.

“Uma noite, a irmã do rapaz ouviu um apito e um toque na porta característico da batida do irmão. Quando ela acordou desceu as escadas chegou até a porta para receber o irmão, quando se deu conta de que seu irmão estava morto. Não poderia ser ele, porém naquela mesma hora, ela sentiu o cheiro do gás da cozinha em toda a casa, por um problema no forno, então, teve tempo de tirar seu marido e filhos, salvando-os”, disse ele.

A Esperança.

Para os casos mais importantes, o que o autor espanhol coloca é esperança “, porque, quando você ler e investigar, você percebe que eles não estão mentindo ou fazendo qualquer coisa, porque na maioria das vezes são experiências íntimas e pessoais e não querem entrar em publicidade”.

JJ Benítez diz sobre a morte que em qualquer lugar, é um tabu “, é, um problema educacional e cultural”.
“Temos séculos em que a morte é um tabu e onde as religiões têm injetado muito medo por causa da morte, onde as religiões se aproveitam para captar muitas pessoas para fins financeiros”.

“A morte não tem nada a ver com alguma coisa negativa, ela é física e lógica, pois é uma transição, um deslocamento de um estado para outro, porque, por algum motivo, temos que passar desta vida para um outro lugar, uma nova vida”, disse ele.

 


Veja o Vídeo Abaixo:

 

 


Trabalhamos para divulgar notícias sobre Ovnis, Osnis, Ebes, ETs, Alienígenas e afins. 


Fonte: Yohanan Díaz Vargas, Ricardo Roehe, Internet
Editado por: Arquivo x do Brasil

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: