)

ago 24 2017

Cal Seigan ajudava a ocultar a realidade Alienígena

Cal Seigan ajudava a ocultar a realidade Alienígena

Cal Seigan.
(Clique na Imagem para Amplia-la)

Cal Seigan ajudava a ocultar a realidade Alienígena

Cal Seigan ajudava a ocultar a realidade Alienígena. O rastreamento de Ovnis por radares militares é uma ocorrência comum.

Mais e mais pessoas a cada dia começam a acreditar que estes objetos sejam de origem extraterrestre.

Uma razão para isto é a revelação de evidências nos últimos anos, as quais apoiam tal hipótese…

Colega próximo de Sagan

Além das audiências congressionais (EUA) sobre este assunto, e a recente audiência de cidadãos que ocorreu há pouco tempo, agregados à liberação de documentos oficiais; há uma enorme quantidade de pessoas, as quais acreditam que os ETs sejam reais, devido ao trabalho de estudiosos como o Dr. Brian O’Leary.

Brian foi um colega próximo de Carl Sagan, o qual o recrutou para lecionar na Universidade Cornell, no final da década de 1960; onde ele pesquisou e palestrou no departamento de astronomia e física.

Após Cornell, ele lecionou física, astronomia, e avaliação da ciência política em várias instituições acadêmicas, inclusive na Universidade da Califórnia – Berkeley; Faculdade Hampshire, e finalmente na Universidade Princeton, de 1976 a 1981.

Conselheiro de Lideres Políticos

Após, ele foi para Washington, onde se tornou conselheiro de vários líderes políticos, candidatos presidenciais e do Congresso dos Estados Unidos.

Antes de tudo isto, o Dr. O’Leary foi astronauta da NASA e membro do sexto grupo de astronautas, selecionados pela agência espacial em agosto de 1967.

Um ano após, como mencionado acima, Sagan o recrutou para lecionar na Cornell. O’Leary também foi membro da Associação Americana para o Avanço da Ciência, bem como secretário da Seção de Planetologia da União Geofísica Americana.

Nova Ciência

Além disso, ele foi membro da equipe do Asteroidal Resouces Group, para o Ames Summer Study on Space Settlements (Estudo o Assentamento Espacial). Ele também foi membro fundador da Associação Internacional para a Nova Ciência; bem como presidente fundador do Movimento Energia Nova.

“Carl Sagan me chamou da Cornell e me convidou para ingressar no corpo docente. Aceitei o convite e despendi muitos anos na Cornell, no departamento de astronomia, departamento de ciência planetária. E na época me tornei muito criativo na pesquisa, mas ainda dentro dos limites da ciência ocidental, mas no programa de exploração planetária. Foi um período de aproximadamente uma década.”(fonte)(fonte)

Como pode ser visto acima, seu currículo é mais do que extensivo; e O’Leary é somente um entre centenas de pessoas com este tipo de histórico distinto que faz delações sobre o fenômeno extraterrestre…

Brian O’Leary faleceu em 2011. Aparentemente isto ocorreu logo após ter um ataque cardíaco e ser diagnosticado com câncer intestinal.

O que ele disse que Sagan fez

O’Leary disse coisas interessantes durante sua entrevista ao vivo com Kerry Cassidy do Projecto Camelot (veja a entrevista completa, em inglês, aqui). O’Leary e Sagan trabalharam muito próximos por alguns anos; mas tiveram um pouco de desentendimento, quando O’Leary decidiu deixar Cornell. Na entrevista ele salienta:

 

“Foi… um dia muito frio e com neve em maio; pousei em Syracuse e havia uma nevasca horizontal[ventos levando a neve horizontalmente] – em maio – e eu disse: ‘Chega de morar no norte [do estado] de Nova Iorque. E Carl pensou que isso foi muito frívolo. Porque, é claro, ele era o tipo de cara que construía impérios; e ele também tinha um enorme ego.”

 

“Face” de Cydonia, em Marte, retocada por Cal Seigan

Ao ter saído, O’Leary começou a examinar alguns dos trabalhos de Carl. Ele disse que a famosa “Face” de Cydonia, em Marte; fotografada pela sonda Viking em 1975, essa enorme formação (aproximadamente 1,6 km de comprimento), que lembra uma face humana e criou muito tumulto na época; foi retocada por Sagan antes de ser liberado ao público:

 

“Isto foi muito, muito desapontador para mim, porque não somente Carl estava errado; ele também fraudou os dados. Ele publicou uma foto da “Face” no Parade Magazine, um artigo popular. Dizia que a “Face” era uma formação natural, mas ele modificou a foto para que ela não parecesse como uma face”.

Nesta época, Sagan e O’Leary eram possivelmente os dois maiores peritos mundiais sobre Marte, e eles tiveram vários desacordos sobre aquela face.

Publicação de O’Leary

Esta diferença de opinião foi deixada clara na publicação de O’Leary em 1998:

“Carl Sagan & I: On Opposite Sides of Mars.” (Carl Sagan & Eu: Em Lados Opostos de Marte – título em trad. livre n3m3). Isto pode ser encontrado em The Case for the Face: Scientists Examine the Evidence for Alien Artifacts on Mars, eds. Stanley V. McDaniel e Monica Rix Paxson. Kempton, IL: Adventures Unlimited Press.

Em maio de 1990, O’Leary publicou um documento intitulado “Analysis of Images of the Face on Mars and Possible Intelligent Origin” que demonstra ainda mais seu ceticismo. Ele foi publicado no Journal of the British Interplanetary Society, Vol.43 No.5.

O’Leary também declarou:

 

“Comecei a perceber, diretamente do ponto de vista científico, não somente através de boatos, que este homem estava colaborando com a NASA; que poderia haver muito mais quanto a isso do que antes…
…Carl estava no comitê com um número de pessoas notáveis. Havia um relatório emitido pela Brookings Institution em 1961, de que ele e este outro grupo disseram: ‘Bem, se qualquer ET algum dia aparecer na Terra, ele terá que ser acobertado. Esta é a única forma de sermos capazes de gerenciar isto; porque se não pudermos, então seria um choque cultural muito grande.”

Uma declaração muito chocante de alguém na posição de O’Lery, não é? Numa entrevista, ele vai além e diz que Carl e seus colegas recomendaram que os governos acobertassem o fenômeno dos OVNIs; e que ele acredita que isso forneceu uma justificativa para o acobertamento já em andamento.

Amor pela Ciência

É importante notar que isto não torna Sagan ‘um cara mau’. Ele era claramente o oposto disso, e seu amor pela ciência e educação da humanidade era muito claro. Se ele estava a favor do acobertamento disso, se ele sabia disso; há boas chances de que foi feito pelo que eles achavam ser boas razões.

Certamente, deve haver alguma razão corporativa, e por algumas outras razões não tão agradáveis o acobertamento permanece até hoje.

Sem Intenção Maléfica

Mas é plausível presumir que no começo, talvez não havia nenhuma intenção maléfica.

 

“Por detrás das cenas, oficiais do alto escalão da Força Aérea estão sabiamente preocupados sobre os OVNIs. Mas através do segredo e ridicularização; muitos cidadãos são levados a acreditar que objetos voadores não identificados sejam tolices”. – Ex-diretor da CIA, Roscoe Hillenkoetter, 1960 (fonte)

 

Acobertamento Mundial

O texto acima foi extraído de artigo publicado no site www.collective-evolution.com. São várias as declarações por pessoas de peso na comunidade militar, científica, governamental, etc., as quais afirmam veementemente que a realidade do fenômeno da visitação extraterrestre à Terra está mesmo sendo acobertada pelos governos mundiais.

As razões para isso variam, mas pode-se afirmar que o choque cultural/religioso seja a maior delas, bem como os interesses econômicos de seletos grupos poderosos no planeta… infelizmente.

Um dia, a verdade vencerá, como sempre o faz, mais cedo ou mais tarde. A verdade é inevitável.

 


Vídeo – Cal Seigan explicando a Equação de Drake –  
Possibilidade de Civilizações Extraterrestres (em português)

 


Leia este artigo e nos deem suas opiniões sobre esta e outras matérias de nosso Blog. Esperamos o seu feedback sobre esta matéria reveladora. Convidamos você também para expressar o que você pensa em nossa seção de comentários.

Hoje você tem a oportunidade de compartilhar este artigo em todas as suas redes sociais; e assim, proporcionar uma contribuição em favor da verdade e o avanço do conhecimento.

Convidamos você também a localizar nossa página no Facebook; junte-se a nossa comunidade onde você poderá compartilhar com nossos leitores suas experiências paranormais e alienígenas; e ter a chance de fazer novos amigos.

 


“Trabalhamos para divulgar notícias sobre Ovnis, Osnis, Ebes, ETs, Alienígenas e afins”.


 

Fonte: O artigo que originou as informações foi, Collective EvolutionArquivo x do Brasil
Editado por: Arquivo x do Brasil 

 

 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

1 comentário

  1. Essas pessoas não tinham o conhecimento de que possuíam esses implantes em seus corpos. Ambos os pacientes souberam dos objetos por meio de radiografias tiradas com outros objetivos.

Deixe um comentário